DISCOGRAFIA > NÁ

MÚSICAS

 

1. Sutil

(Itamar Assumpção)

2. Atração Fatal

(Ná Ozzetti/Luiz Tatit)

3. Céu

(Dante Ozzetti/J C Cota Netto) 

4. Lugar

(Ná Ozzetti/Edith Derdyk)

5. O verde que cai pro mar

(Ná Ozzetti/Suzana Salles)

6. Morro Dois Irmãos

(Chico Buarque de Hollanda)

7. Tempo Escondido

(Ná Ozzetti/Luiz Tatit)

8. Nosso Dia D
(Ná Ozzetti/Luiz Tatit)

9. Só Comigo

(Ná Ozzetti/Dante Ozzetti?Itamar Assumpção)

10. Carmen
(Georges Bizet)

11. Inspiração 
(Ná Ozzetti/Itamar Assumpção)

12. Chama

(Guilherme Arantes/J C Costa Netto)

13. Lá vai a Ná na nave pra lá

(Ná Ozzetti/Dante Ozzetti/Itamar Assumpção)

14. Só te ver

(Ná Ozzetti/Itamar Assumpção

 

MÚSICOS

 

Dante Ozzetti violão nylon, guitarra e teclados

Mário Manga guitarra

Geraldo Vieira baixo

Sizão Machado baixo

Zeca Assumpção baixo acústico

Duda Neves bateria

Zé Eduardo Nazário percussão

João Parayba percussão

Flávio Franco Araújo teclados

Elisa Zein teclados

Cássio Poletto violino

Marta Ozzetti flauta

François de Lima trombone

Walmir Gil trompete

Nailor Proveta sax alto

Manny Monteiro bateria simmonds

 

 

PARTICIPAÇÕES ESPECIAIS

 

Hermeto Pascoal

Jaques Morelembaum

Bocato

Lelo Nazário

David Richards

 

FICHA TÉCNICA

 

Gravado em 1993 • lançado em 1994

Produzido por Manny Monteiro 
Produtor executivo Dante Ozzetti 
Direção musical Ná Ozzetti e Dante Ozzetti 
Arranjos Dante Ozzetti (exceto em "Chama", arranjo de Flávio Franco Araújo

 

Gravado nos estúdios

Bebop Sound Studio SP

Engenheiros de som Ricardo Cavalheira,

Carlos Freitas e Ana Lucia Carvalho

Assistentes Beto Machado e Érico Rondon Gnocchi

 

Mosh Studios SP

Engenheiro de som Luis Paulo Serafim

Assistentes André da Silva e Silas de Godoy

 

Gravações adicionais

Estúdio Roupa Nova RJ

Engenheiro de som Flavio Sena

 

Mixado por Luis Paulo Serafim no Mosh Studios SP

Assistente Silas de Godoy

Masterizado por Carlos Freitas na Cia de Áudio SP

Assistente Érico Rondon Gnocchi

 

Consultoria técnica (keyboards) Bruno Cardoso

Pré-produção Manny Monteiro e Cid Campos (MC2 Estúdio) e Flavio Franco Araújo

 

CAPA

Fotos e projeto gráfico original Gal Oppido e (Index)

Make-up Fábio Namatame

Figurino Gal Oppido e Fábio Namatame

 

2005 
Mixagem de “Só te ver” Paulo Lepetit ESTÚDIO WAH-WAH 
Remasterizado por Carlos Freitas CLASSIC MASTER 
Projeto Gráfico: Gal Oppido

 

O CD NÁ, lançado em 1994, recebeu quatro indicações ao Prêmio Sharp na categoria Pop/Rock: Melhor CD, Melhor Cantora, Melhor Arranjador (Dante Ozzetti) e Melhor Música ("Sutil", de Itamar Assumpção). Levou os prêmios de Melhor CD e Melhor Arranjador.

 

Produzido por Manny Monteiro, contou com a participação dos músicos Hermeto Pascoal, Jacques Morelembaum, Zeca Assumpção, Zé Eduardo Nazário, Lelo Nazário, Flávio Araújo, Mário Manga, Geraldinho Vieira, Duda Neves, Elisa Zein, Marta Ozzetti, Cássio Poletto, Sizão Machado, João Parahyba, David Richards, Bocato e Dante Ozzetti. Dante Ozzetti, além de responder pela produção executiva, assinou os arranjos de todas as canções, exceto "Chama", arranjada por Flávio Araújo.

 

Neste CD, Ná mostrou pela primeira vez composições suas em parcerias com Luiz Tatit, Itamar Assumpção, Suzana Salles, Dante Ozzetti e Edith Derdyk. O CD foi montado basicamente sobre essas canções inéditas, e incluiu “Sutil” de Itamar Assumpção, "Chama" de Guilherme Arantes e J. C. Costa Netto e "Céu", de Dante Ozzetti e J. C. Costa Netto, "Morro Dois Irmãos", de Chico Buarque de Hollanda e “Lamour est um oiseau rebelle” da ópera Carmen (Bizet).

 

A temporada de shows para o lançamento do CD começou no Teatro Cultura Artística, em São Paulo. A banda que acompanhou Ná foi formada por Flávio Araújo nos teclados, Geraldinho Vieira no baixo, Zezinho Pitoco no sax e clarinete, Zé Eduardo Nazário na bateria e Dante Ozzetti, no violão e guitarra.

 

O show teve o cenário e a direção dos arquitetos Isay Weinfeld e Márcio Kogan, a iluminação de Joyce Drummond, e os figurinos do estilista Caio da Rocha.

NÁ foi gravado em 1993, em São Paulo, no Be Bop Sound Studio e no Mosh Studio. Em 1998 o CD foi relançado pelo Selo Núcleo Contemporâneo.

 

Em 2005 foi novamente relançado pela gravadora MCD incluindo a faixa inédita “Só te ver”, parceria de Ná com Itamar Assumpção, gravada em 1993 juntamente com as outras canções deste CD.

 

A capa originalmente criada pelo fotógrafo Gal Oppido, foi recriada pelo mesmo Gal.

 

 

The CD “NÁ”, released in 1994, received four nominations for the Sharp Award in the Pop / Rock category: Best CD, Best Singer, Best Arranger (Dante Ozzetti) and Best Song (“Sutil” [Subtle], by Itamar Assumpção). It won the awards for Best CD and Best Arrangement.

 

It was produced by Manny Monteiro, with the participation of musicians Hermeto Pascoal, Jacques Morelembaum, Zeca Assumpção, Zé Eduardo Nazário, Lelo Nazário, Flávio Araújo, Mário Manga, Geraldinho Vieira, Duda Neves, Elisa Zein, Marta Ozzetti, Cássio Poletto, Sizão Machado, João Parahyba, David Richards, Bocato and Dante Ozzetti. Dante Ozzetti, in addition to being the Executive Producer, arranged all the, songs except “Chama” [Flame], arranged by Flávio Araújo.

 

In this CD Ná performed for the first time songs written together with Luiz Tatit, Itamar Assumpção, Suzana Salles, Dante Ozzetti and Edith Derdyk. The CD was basically assembled around these new songs, and included “Sutil” by Itamar Assumpção, “Flame” by Guilherme Arantes and J. C. Costa Netto, and “Sky” [Céu], by Dante Ozzetti and J. C. Costa Netto, “Morro Dois Irmãos” [Two Brothers Hill] by Chico Buarque de Hollanda, and “L’amour est um oiseau rebelle” [Love is a Rebellious Bird] from the opera Carmen by Bizet.

 

The season of shows to launch the CD began at the Teatro Cultura Artística Concert Hall in São Paulo. The band that accompanied Ná was formed by Flávio Araújo on keyboards, Geraldinho Vieira on bass, Zezinho Pitoco on sax and clarinet, Zé Eduardo Nazário on drums and Dante Ozzetti on acoustic and electric guitar.

 

The cenography and direction was by the architects Isay Weinfeld and Marcio Kogan, Joyce Drummond did the lighting, and the costumes were by the stylist Caio da Rocha.

“Ná” was recorded in 1993 in São Paulo, at the Be Bop Sound Studio and Studio Mosh. In 1998 the CD was re-released by Núcleo Contemporâneo label.

 

In 2005 it was again re-released by the label MCD and included the unreleased track “Só te ver” [Just to See You], with Ná partnered by Itamar Assumpção, recorded in 1993 along with the other songs on this CD.

 

FOTOS

VIDEOS

IMPRENSA

© 2015 Ná Ozzetti. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por