DISCOGRAFIA > LOVE LEE RITA

 

MÚSICAS
 

1. Atlântida

(Roberto de Carvalho/Rita Lee)

2. Com a boca no mundo

(Rita Lee/Luiz Carlini/Lee Marcucci)

3. Mania de Você

(Roberto de Carvalho/Rita Lee) 

4. Mutante

(Roberto de Carvalho/Rita Lee)

5. Fruto Proibido

(Rita Lee)

6. Luz Del Fuego

(Rita Lee)

7. Raio X

(Rita Lee)

8. Modinha
(Rita Lee)

9. Mamãe Natureza

(Rita Lee)

10. Doce Vampiro
(Rita Lee)

11. 2001 
(Rita Lee/Tom Zé)

12. Vida de Cachorro

(Rita Lee/Arnaldo Batista/Sérgio Batista)

 

Músicos

 

Dante Ozzetti violão nylon

Faísca violão aço e guitarras

Geraldo Vieira baixo

Flavio Franco Araújo teclados

Manny Monteiro bateria

Nailor Proveta sax alto

Walmir Gil trompete

François de Lima trombone

Bocato trombone solo em “2001” e

“Vida de cachorro”

João Parahyba congas

Regina Vasconcelos violoncelo

Ricardo Cristaldi teclados

Mário Testoni Piano e órgão hammond

David Richards sax alto e tenor

Fabio Tagliaferri viola

Marta Ozzetti flauta

 

FICHA TÉCNICA

 

Produzido por Manny Monteiro

Direção Geral Ná Ozzetti e Dante Ozzetti

Arranjos Dante Ozzetti      

                                                        

* as faixas Doce Vampiro e Raio X foram pré-produzidas no Estúdio Bongô Produções Sonoras por Flávio Franco Araújo

* os arranjos de base das músicas Fruto Proibido, Luz Del Fuego e Mamãe Natureza foram criados pelos músicos que tocaram

 

Gravado e mixado entre julho e novembro de 1995 no BE BOP SOUND STUDIO SP

 

Engenheiros de som Eduardo de Barcellos Breves, Getulio Junior, Daniel Casulli e

Jorge Tadeu

 

Mixado por Luis Paulo Serafim

 

Masterizado por Carlos Freitas na Cia de Áudio SP

 

Projeto gráfico Gal Oppido

Desenvolvimento Marcelo de Azevedo Souza

Fotos Gal Oppido

Assistente Celso Azevedo

Figurino Caio da Rocha

 

Direção de Produção e Coordenação Geral

José Carlos Costa Netto

Produção Fonográfica DABLIÚ Produções Artísticas e Culturais Ltda

LOVE LEE RITA

 

A convite de José Carlos Costa Netto, diretor do Selo Dabliú Discos, Ná aceitou o desafio de gravar um CD dedicado à obra de Rita Lee. 

Ná cuidou de tudo: da escolha das canções à direção musical. Para a produção, contou com Manny Monteiro, e para os arranjos, o irmão Dante Ozzetti, indicado ao Prêmio Sharp por esse trabalho. Fã de Rita Lee desde Os Mutantes, Ná fez uma leitura pessoal de sua obra. Passou por todas as fases da carreira de Rita: do repertório pop e tropicalista interpretou, entre outras, "2001" - uma parceria de Rita e Tom Zé - e "Vida de Cachorro", feita com os outros dois "Mutantes", Sérgio Dias e Arnaldo Baptista. Do início de sua carreira solo, com o Tutti Frutti, interpretou "Mamãe Natureza" e "Luz Del Fuego"e da parceria com Roberto de Carvalho, "Atlântida" e "Mutante", entre outras. 

Gravado e mixado em 1995, em São Paulo, no Be Bop Sound Studio, o CD foi lançado no ano seguinte. Para o lançamento, Ná fez shows na casa de espetáculos "Tom Brasil", em são Paulo, com uma formação acústica de dois violões (Dante Ozzetti e Kiko Moura), baixo (Geraldinho Vieira) e percussão (Djalma Corrêa). A partir dessa formação Ná começou a desenvolver o projeto que veio a se tornar o CD "Estopim". 

O show "Love Lee Rita" teve direção de Eugênia Thereza de Andrade e cenário de Silvio Dworeki e figurino de Fauze Haten.

 

LOVE LEE RITA

 

At the invitation of José Carlos Costa Netto, director of Dabliú Discos Recording Company, Ná accepted the challenge of recording a CD dedicated to the work of Rita Lee.

 

Ná took care of everything: from the choice of songs to the musical direction. It was produced by Manny Monteiro, arranged by her brother Dante Ozzetti, who was nominated for the Sharp Prize for this CD. Ná, a Rita Lee fan since Rita was a member of Os Mutantes group, made ​​a personal reading of her work, passing through all stages of the her career: from the pop and Tropicalia phase she sang, among others, “2001”, a partnership between Rita and Tom Zé, and “Vida de Cachorro” [Dog's Life], made with two other members of the Mutantes, Sérgio Dias and Arnaldo Baptista. From the beginning of Rita Lee’s solo career, with Tutti Frutti, Ná sang “Mamãe Natureza” [Mommy Nature] and “Luz del Fuego” [Light of the Fire], and, in partnership with Roberto de Carvalho, “Atlantis” and “Mutante [Mutant]”, among others.

 

Recorded and mixed in 1995, in São Paulo, in the Be Bop Sound Studio, the CD was released the following year. For the launch, Ná performed in the Tom Brazil Concert Hall in São Paulo, with acoustics consisting of two classical guitars (Dante Ozzetti and Kiko Moura), bass (Geraldinho Vieira) and percussion (Djalma Corrêa). This led to the project that would become her CD “Estopim” [Fuse].

 

The show “Love Rita Lee” was directed by Thereza Eugenia de Andrade, and the scenography was by Silvio Dworeki.

 

 

FOTOS

IMPRENSA

© 2015 Ná Ozzetti. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por 

Folha de SP 1996 C